30 abril 2009

Manhattan (Nova York) 1609 versus 2009: Da Beleza Natural para a Selva de Pedrar to Urban Jungle

Como seria a ilha de Manhattan (em Nova York, Estados Unidos) há 400 anos?

 
Para tentar responder essa pergunta foi criado o Projeto Mannahatta desenvolvido por uma equipe da Sociedade de Conservação da Vida Selvagem (Wildlife Conservation Society) formada por Eric Sanderson, Kim Fisher, Markley Boyer, Amanda Huron and Danielle LaBruna.

Em 29 de abril de 2009, no site da National Geographic, foi postado "MANHATTAN 1609 vs. 2009: Natural Wonder to Urban Jungle" uma notícia sobre este projeto (de onde tirei grande parte das informações constantes aqui). 

O projeto compara como era a ilha de Nova York em 1609 (quando era conhecida pelos índios como Mannahatta ou terra de muitas colinas) e como é a Manhattan de hoje 2009. As fotos abaixo foram retiradas do post da National:





No site do projeto existe um modo de navegação interativa que permite verificar como era o substrato natural ondese assenta cada quarteirão. É possível também fazer download de atividades como trajetos que os professores podem fazer com seus alunos, explicando as mudanças na paisagens e o que havia em cada local em 1609 e o que há hoje (a imagem abaixo fiz juntando o explorer com a proposta de trabalho de campo para High Scholl).

Ainda na sessão de Downloads é possível baixar a Lesson 3: The Changing Life of a Water Droplet que mostra como a ilha afeta o ciclo da água.  Dessa lição retirei a seguinte ilustração que mostra como a ilha é abastecida de água potável:

No item Science encontra-se uma discussão metodológica sobre a elaboração dos mapas do projeto em softwares de geoprocessamento e Sistemas de Informação Geográfica (SIG). Abaixo tem-se um fluxograma simplificado das atividades do projeto. 
   

Para quem quiser saber mais pode visitar o site do projeto ou dar uma olhada no livro originado a partir dele: "Mannahatta: A Natural History of New York City" publicado por Eric W Sanderson, com ilustrações de Markley Boyer.

29 abril 2009

Brasil: Folha seca

Esta folha seca no formato do Brasil é uma obra de autoria de Roberto Raul Janz (ou Beto Janz). Ela foi uma das obras ganhadoras da campanha "A cor do planeta depende de você" do projeto Carta Branca, em Abril de 2008. A obra está sendo distribuída através de cartões postais da empresa MICA, desses cartões que se pega gratuitamente em restaurantes e bares.

No verso do cartão constam algumas dicas para um mundo melhor:

1) Consuma alimentos da estação e dê preferência aos orgânicos.
2) Evite pegar sacolas plásticas desnecessariamente.
3) Imprima e-mails e documentos somente quando necessário.
4) Procure comprar produtos perto de onde são fabricados.
5) Mais da metade do que você joga fora pode ser reciclado. Pesquise, aja, contribua. Comece por você!
6) Dê preferência a guardanapos e toalhas de pano
7) Dê preferência a produtos com pouca embalagem ou embalagem econômica
8) Utilize calculadoras e lanternas que possam funcionar com energia solar ou dínamo.
9) Prefira comprar produtos de empresas que adotem práticas socioambientais corretas. 
10) Pegue mais carona, invista em transporte alternativo, compre carro f1ex ou que utilize etanol.

22 abril 2009

Liveplasma: Mapa conceitual do mundo da Música e Cinema

O Liveplasma é um sistema gerador de mapas conceituais que mostra a localização - ou de um artista ou banda de música; ou de um filme, ator ou diretor de cinema - dentro do contexto que o artista ou filme se encontra.

Antes de ser chamado de Liveplasma, o projeto era conhecido como Musicplasma (tratando apenas de música), mais tarde passou a trazer mais informação e com isso a mudança de nome. Apesar de o link da página Musicplasma ainda estar ativo, ela mostra as mesmas informações do Liveplasma.


Para usar, basta digitar o nome (se for um título de filme tem que ser em inglês) que o diagrama é construído automaticamente.


Abaixo, exemplos dso mapas do diretor de cinema Stanley Kubrick e da banda Pink Floyd.




No menu, ao lado direito da imagem, pode-se escolher a cor de fundo e o formato dos conectores (em DESIGN), visualizar a legenda (LEGEND), e tirar dúvidas sobre as formas de vusualização (HELP).

09 abril 2009

Jornais do Mundo

A primeira página de jornais de várias partes do mundo estão disponíveis em Today's Front Pages. A busca pode ser feita pelo mapa ou de outras formas, veja mais no site de Newseum

Gerador de mapas de sobrenomes italianos

Os mapas abaixo foram elaborados  pelo projeto GENS e estão disponíveis no site http://www.gens.labo.net/it/cognomi/. Basta escolher o sobrenome desejado (no caso foi Dagnino) que o site mostra a localização das pessoas que possuem o sobrenome, na Itália e nos Estados Unidos. É possível escolher a técnica cartográfica na qual a informação será apresentada.



O Projeto Gens nasceu da experiência de um grupo de licenciados em ciências humanas na Faculdade de Artes da Universidade de Génova, com especialização em história, demografia e estatística, arquivo e biblioteca da ciência. (FONTE)

Originalmente era um projecto de investigação sobre o distibuição de sobrenomes em toda a Itália, mas após a primeira realização e do primeiro impacto com o público, os participantes do Projeto Gens decidiram torná-lo disponível para outros. (FONTE)


Mais informações em http://www.labo.net/

Imprimir a postagem em PDF

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...