01 outubro 2006

E o meu voto vai pra.... nova bandeira do Brasil

Baseada no lema completo do positivismo de August Comte: Amor por princípio, a Ordem por base e o Progresso por fim. A proposta de nova bandeira do Brasil merece ganhar mais atenção.

Tem até um site dedicado a este assunto, o lema é: bota amor nessa bandeira!!

Eu diria mais, bota amor nesse país inteiro, no mundo inteiro. E viva o Amorismo e viva a Geografia do Amor.

E o Jards Macalé, em 2003 lançava um disco em homenagem ao seu fiel escudeiro, Wally Salomão, chamado....adivinhem: Amor, Ordem e Progresso. Nesse disco, regravou a música de Noel Rosa, cuja letra reproduzo a seguir.
Positivismo
Noel Rosa e Orestes Barbosa
A verdade, meu amor, mora num poço
É Pilatos, lá na Bíblia, quem nos diz
E também faleceu por ter pescoço
O autor da guilhotina de Paris
Vai, orgulhosa, querida
Mas aceita esta lição
No câmbio incerto da vida
A libra sempre é o coração
O amor vem por princípio, a ordem por base
O progresso é que deve vir por fim
Desprezastes esta lei de Augusto Comte
E fostes ser feliz longe de mim
Vai, coração que não vibra
Com teu juro exorbitante
Transformar mais outra libra
Em dívida flutuante
A intriga nasce num café pequeno
Que se toma para ver quem vai pagar
Para não sentir mais o teu veneno
Foi que eu já resolvi me envenenar

Enquanto o Brasil para pra ver a Eleição de Lula....

...esquecemos do avião brasileiro, pilotado e tripulado por estadunidenses, que causou a queda de um avião norteamericano, pilotado e lotado de brasileiros.

Um país que tem um presidente que é o último a saber e que não assume nada, também tem um vice-presidente do mesmo time. As primeiras informações do Ministro da Defesa, o vice-presidente José de Alencar, distoavam das informações do Governo Norte Americano. Depois dizem que vivemos na sociedade ou na Era da Informação, pura balela. Até pouquíssimo tempo nem sabiam onde tinha ido parar o avião da Gol (vôo 1907) que havia sumido do radar.

Tá certo que é em plena selva, é difícil chegar, de saber o que acontece, mas o território é nosso... ou pelo menos era?!

E pra piorar, o Exército ficou exitando se aceitava ou não a juda dos índios do xingu que são os que mais conhecem a área e se ofereceram pra ajudar nas buscas desde o início.

Será que somos obrigados a assistir a inficiência dos resgates e o desencontro das informações. Até agora apenas dois corpos foram achados...48 horas depois do acidente. Tenho pena é dos familiares, esses sim serão os últimos a saber!! Dizem que o prazo para solucionar o caso é de 6 meses. Então, até lá!

Imprimir a postagem em PDF

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...